O seu Ego e o seu Propósito de vida


Seu Ego e o seu Propósito de vida.

 

Seu Ego e o seu Propósito na vida podem ser surpreendentemente semelhantes. 

 

Ambos o puxam para a realização de seus desejos. 

 

Ambos podem consumir completamente suas horas acordadas (e às vezes de sono) com pensamentos frenéticos e faiscando no seu cérebro parecendo o céu de Copacabana no Réveillon. 

 

O teu Ego e o seu Propósito também podem manifestar resultados muito semelhantes como: dinheiro, fama e poder. 

 

E ambos podem deixá-lo exausto.

 

O Ego é necessário e importante porque faz o trabalho de construir sua personalidade. 

 

Ele gerencia sua identidade frágil enquanto você descobre quem você é. 

 

E ao mesmo tempo, ele pode o proteger do ataque das expectativas da sociedade e motiva a trabalhar duro e alcançar grandes feitos.

 

Mas o Ego sozinho também pode levá-lo a pensar que o trabalho árduo e as realizações são os objetivos da vida!!

 

Se o seu Ego é o que monta sua personalidade e gerencia sua identidade, então o seu Propósito está investido em garantir que seja autêntico, quem você realmente é e não apenas aquela pessoa que você mostra ao mundo.

 

Aqui estão 20 maneiras de decifrar qual deles está realmente impulsionando seu trabalho. O teu Ego ou o teu Eu = onde reside o teu Propósito:

 

1.      O Ego teme não ter ou não fazer algo. 

 

2.      O Eu teme não poder expressar ou ser algo.

 

3.      A FORÇA VITAL DO EGO É O MEDO. Sua função principal é preservar sua identidade, mas teme sua indignidade. Como resultado, o Ego o pressiona mais para conseguir mais. O Ego se comunica com você por meio de "deveres", "obrigações" e tudo que precisa sair do gostosinho, persuadindo-o a acreditar que, conquistando mais e mais, você deve ser digno.

 

4.      Um “chamado” ou o seu Propósito de vida, se expressa SILENCIOSAMENTE, por meio da expressão de pistas sutis ao longo da sua vida. Não se preocupa com você alcançar ou realizar qualquer coisa. Sua função principal é ser um CANAL para expressar seu verdadeiro Eu no mundo. O que você faz com essa expressão é menos importante.

 

5.      O Ego precisa de ansiedade para sobreviver. O Eu precisa de silêncio para sobreviver.

 

6.      O Ego não se alimenta apenas da ansiedade, ele exige ansiedade para decidir quais aspectos de sua personalidade serão dominantes e quais ficarão latentes.

 

7.      Onde você sentir mais insegurança é onde seu Ego trabalhará horas extras para "consertar". O Ego precisa de ansiedade para localizar o problema e, a seguir, o corrige, rejeitando esse aspecto incômodo de sua personalidade. Infelizmente, o que o Ego acha irritante ou perturbador também pode ser o seu maior presente para o mundo.

 

8.      O teu Propósito, por outro lado, é descoberto por meio da observação e reflexão, o que raramente é encontrado em um ambiente barulhento. “Ouvir” o teu Eu e descobrir o que ela está pedindo é o seu Propósito e requer mais silêncio do que a maioria de nós se sente confortável.

 

9.      O Ego se manifesta como esgotamento. O Eu se manifesta como satisfação. O esgotamento não é dar muito de si mesmo, é tentar dar o que você não possui.

 

10.    O Ego produz esgotamento porque está consumindo recursos que você não tem a fim de empurrá-lo para uma versão maior e melhor de si mesmo.

 

11.    Devido o Eu ser uma expressão da sua verdadeira natureza, ele só pode resultar em satisfação = resultado cumprido. Você conhece aquele sentimento de profunda satisfação quando está fazendo algo que você absolutamente ama, esse é um aspecto do seu Propósito que se mostra pra você.

 

12.    O Ego se concentra no resultado. O chamamento concentra-se no processo.

 

13.    Como o Ego deseja controlar a ansiedade realizando mais, ele se preocupa especialmente com os resultados de todo esse esforço. Ao se concentrar no resultado, seu Ego obtém a validação de que todo esse trabalho vale a pena. Sem um resultado satisfatório, todo o esforço é inútil.

 

14.    O teu Propósito se revela por meio da autodescoberta. O Propósito vem de dentro e só pode ser revelado prestando atenção em como sua vida está se desenvolvendo. 

 

15.    Presta atenção aqui!!! Em vez de gerenciar o resultado, seu chamado pode lidar com o estresse da ambiguidade. Ele sabe que a tensão está revelando algo que você não poderia aprender de outra forma.

 

16.    O Ego quer preservar a si mesmo. O Eu quer evoluir.

 

17.    O Ego está preocupado consigo mesmo e preservando o que deseja. O Ego pode estar interessado em ajudar os outros. Mas não é inerentemente motivado por servir aos outros. É motivado por manter e gerenciar sua identidade.

 

18.    Um Propósito do Eu pode começar com a expressão de si mesmo, mas vai em direção às necessidades dos outros. O autor Frederick Buechner diz que o seu Propósito é "o lugar onde sua profunda alegria atende às profundas necessidades do mundo".

 

19.    Embora o seu Ego faça o trabalho necessário para ajudá-lo a funcionar no mundo, é o seu Eu que cria uma maneira mais autêntica e comovente de viver nesse nosso mundo 3D.

 

20.    Onde está a sua atenção?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu Ego e o seu Propósito de vida

Seu Ego e o seu Propósito de vida.   Seu Ego e o seu Propósito na vida podem ser surpreendentemente semelhantes.    Ambos o puxam para a rea...